convido a ouvir

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Feliz Páscoa!

Na impossibilidade de o fazer pessoalmente ou de ir a todos os vossos 'cantinhos' criativos, 
deixo aqui os votos de uma doce e Feliz Páscoa para todos(as)!
Partilho as amêndoas, podem tirar ;)


  :

quinta-feira, 6 de abril de 2017

urze


... já cheira a urze e a Primavera____ a serra é um poema. 



terça-feira, 4 de abril de 2017

Aniversário

 Hoje fazemos anos, eu e este blog :) 

Como não dá para oferecer uma fatia de bolo ou um flûte de champagne, partilho com um sorriso mais uns gostos meus, pintura, música e palavras :) 

Os dias

Abro as portadas ao ritual dos dias
Desperta-me a luz e a água no rosto
Levo o gosto e o aroma do café
embrulhados no sussurrar de um beijo
Mais um dia igual a outro e a outro
feito de passos apressados
Entardeço-me em cansaços
Na espuma do repetido calendário
salvam-me uns salpicos de criatividade
e mágicos pingos de ternura e amor
  Há sempre um rio de anseios
que tardam em chegar à foz

mariam 2012/03/26
(reposição)



Benjamin Clementine - I Won’t Complain


terça-feira, 21 de março de 2017

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

dia mundial da fotografia

Quebro por momentos o hiato, porque adoro fotografia e porque hoje é o 'seu' dia! [Esta foi feita no meu quintal, eu e as abelhas adoramos o cheiro da cor alfazema ]
Um sorriso para todos 

domingo, 14 de agosto de 2016

hiato

Vou fazer uma pausa, ando um pouco stressada com causas informáticas e a eminência de ter perdido mais de uma década de fotos ...  Um sorriso a quem por aqui passa :) até já 

domingo, 17 de julho de 2016

PAZ, precisa-se

Dizem que da Lua a visão da Terra é espantosa... 

Aqui deste cantinho da Terra assim se via a Lua às 18h29 de ontem, espantosamente linda também! Enquanto a olhava pensei na falta de paz no mundo e na estupidez humana ...

Uma prece por todos os que sofrem
*

segunda-feira, 4 de abril de 2016

sexta-feira, 25 de março de 2016

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Feliz 2016 ! ... e que em todos os olhos se ouçam estrelas :)

                                       Talvez                       

                       seja nos olhos que te sei
quando se faz desaguar nos meus sentidos o aluvião do teu ser
                                                                     ouvem-se as estrelas
                                             e uns segundos foram anos 
                                                                                        que poderão ser meses
                                                                                                            talvez anos
                                                                                                        talvez sempre
                                                                                                          para sempre
                                                                                                                             ...

                                                                                                     mariam 2015.12.29